Hobbiton: Visitando o condado dos Hobbits na Nova Zelândia

Hobbiton: Visitando o condado dos Hobbits na Nova Zelândia

dezembro 7, 2018 0 Por lugaresincriveisadmin

Quem nunca sonhou em visitar a famosa vila dos Hobbits? Poucos sabem, mas ela existe e fica na Nova Zelândia. Localizada na região norte do país, a Vila de Hobbiton foi construída em 1998 para as gravações da trilogia “O Senhor dos Anéis”. Um dos maiores sucessos de todos os tempos do cinema e recordista em Óscar’s, com 17 estatuetas, o filme mudou para sempre a vida da pacata região.

Situada na cidade de Matamata que possui 12 mil habitantes, a Vila de Hobbiton foi construída especialmente para os filmes. Com o sucesso dos longas, o local se transformou num disputado ponto turístico e recebe milhares de visitantes por ano. A região foi escolhida a ‘dedo’ pelo diretor Peter Jackson que decidiu utilizar a área para montar o cenário do longa-metragem.

Após a escolha foram escavadas 40 casinhas subterrâneas, além da criação de outros prédios cenográficos que formariam a “Vila de Hobbiton”. Depois de 15 anos da construção do vilarejo, o cenário ainda existe e está bem preservado. A Vila está localizada na fazenda ‘Alexander’, na região da cidade de Matamata. A visitação é aberta ao público, mas como a fazenda é uma propriedade particular não é permitido conhecer o vilarejo a qualquer hora do dia. Porém, mesmo com as regras é possível visitar o local diariamente.

A excursão dura cerca de uma hora e leva os turistas para um rápido tour pela fazenda e depois para a tão esperada visita a famosa Vila. Após chegarem ao cenário do filme, os visitantes podem conhecer de perto as casinhas. Conservadas e mobiliadas nos mínimos detalhes, elas encantam a todos com um mundo em miniatura. Um dos principais destaques do local são os varais e as minipeças de roupas que estão penduradas para ‘secarem’ a espera dos hobbits. Ao final do passeio, os visitantes são levados para a famosa taverna “Green Dragon Inn” onde os personagens relaxavam entre as batalhas. Ao contrário da maior parte da excursão que visita ‘apenas’ cenários, o bar funciona de verdade e ainda vende bebidas como o Girdle Fine Ale, Oak Barton Ale e a famosa Southfathing Ginger Ale.

Como chegar
Facilitando o acesso dos turistas, o governo da Nova Zelândia não exige o visto para quem ficar no país por até 90 dias. Com isso, um dos principais problemas de quem vai viajar ao exterior está resolvido. Agora, só faltam as passagens aéreas! Custando a partir de R$ 4310, há bilhetes saindo de diversas cidades do Brasil rumo a Auckland. Os voos são operados pelas companhias internacionais Emirates, Delta e Combo. Após chegar a cidade são necessárias mais 2 horas de viagem de carro ou ônibus até a cidade de Matamata, onde fica a Vila.