As cavernas brilhantes de Waitomo, na Nova Zelândia

As cavernas brilhantes de Waitomo, na Nova Zelândia

outubro 12, 2018 0 Por lugaresincriveisadmin

Uma das atrações mais visitas pelos turistas, as Cavernas de Waitomo, está localizada na região sul de Waikato, na Ilha Norte da Nova Zelândia. Fica a 12 km a oeste de Te Kuiti e parece um cenário saído de filme. São um dos mais belos espaços subterrâneos do mundo.

Mais conhecidas como Glowworms Caves, ou, no português, Cavernas das Lagartas Luminosas, seu interior é todo luminoso parecendo um céu estrelado. Esse fenômeno inacreditável é creditado a insetos bioluminescentes, chamados Arachnocampa luminosa, um tipo de vagalume, que produz uma luz azul-esverdeada e forma uma enorme população dentro das cavernas.

Formadas há 30 milhões de anos, as cavernas foram exploradas pela primeira vez em 1887, pelo chefe local Maori, Tane Tinorau, e por um agrimensor inglês, Fred Mace. Sua administração é feita pelo governo da Nova Zelândia desde 1906.

Glowworm é o nome que costuma ser dado a diferentes espécies de larvas de brilham, como é o caso dos vagalumes. Quando estão em fase larval emitem uma luz intensa e teias que servem de armadilhas para atrair as suas presas.

Essa luz é o resultado da oxidação de uma substância combustível que é produzida pelo próprio animal, chamada de luciferina. Ela reage com o oxigênio inspirado pelo animal. Interessante é que essas larvas, quando saem do casulo e viram insetos, vivem poucos dias e botam seus ovos nos tetos das cavernas.